Ashura Clan Scanlator

A 7ª Estrela que abalará o Tenkai!

Shonen Jump pede fim da pirataria de HQs – e piratas atendem o pedido

O site Bleeding Cool informa que a revista de mangá japonesa Shonen Jump, uma das mais importantes do país, publicou na edição da semana passada um editorial solicitando encarecidamente que leitores parem de digitalizar suas páginas e publicá-las na Internet, citando o compromisso espiritual e financeiro dos autores prejudicados, bem como questões jurídicas.

Até aí nenhuma novidade em relação ao combate à pirataria. Dessa vez, porém, o pedido deu resultado: o site Ritual Scan Forge – um dos principais “fornecedores” de mangá escaneado na web, que publica séries como One Piece, Naruto e Bleach assim que saem no Japão – resolveu parar de disponibilizar novos arquivos.

O Bleeding Cool traduziu o pedido da Shueisha, em parte abaixo:

Hoje existe muitas pessoas dando injustamente cópias de mangás na internet. Estas cópias ilegais não fecham com os sentimentos dos mangakás. Elas também distorcem as intenções dos autores quanto a como o trabalho deve ser lido. A ação de publicar estas cópias injustas na net, nas quais os mangakás investiram sua paixão, não apenas ferem os quadrinistas na vida real, mas também são contra a lei, mesmo que feitas de boa fé. (…) As cópias injustas na internet estão ferindo profundamente a cultura do mangá, os direitos dos mangakás e até as almas dos mangakás. Por favor entenda mais uma vez que tudo isso é contra a lei.

Os scans de sites como o Ritual Scan Forge servem de base para tradutores/editores que fazem as chamadas scanlations – versões em inglês, francês, português e outros idiomas dos mangás que circulam ilegalmente por vários sites, muito antes da publicação oficial desses trabalhos em outros países. Os defensores das scanlations dizem que elas ajudam a tornar as obras mais conhecidas em outros países, o que leva à sua publicação – mas a discussão sobre pirataria vai longe.

Fonte: Omelete

Quando eu li esta notícia achei interessante compartilha-la com vocês leitores e consumidores desta “pirataria”. O trabalho que nós do Ashura Clan fazemos de fato é totalmente ilegal, mas será tão prejudicial assim como a Shonen Jump destacou? Como a matéria mesmo destacou, “a discussão vai longe”, e quero justamente saber de vocês o que pensam.

Será que o Ashura Clan deveria parar de publicar ilegalmente as obras do grupo CLAMP na net, ou seja, fechar as suas portas totalmente? Não pensem que o pessoal aqui do Ashura quer parar, mas vale muito a pena ponderar sobre algo tão sério.

Enquanto isso, PRECISAMOS DE NOOS EDIORES!!!

Anúncios

15 Respostas para “Shonen Jump pede fim da pirataria de HQs – e piratas atendem o pedido

  1. Miahku abril 27, 2010 às 13:08

    Bom,

    eu já vinha pensando sobre isso faz algum tempo.

    Por mais que a gente defenda, quefazemos sem lucro, apenas mangás não lançados no brasil, em prol de quem não pode comprar mangás importados, não deixa de ser pirataria.

    Eu sou um grande fã CLAMP, e sei que o que fazemos as prejudica, de certa forma.
    Entretanto, nós também fornecemos informações sobre elas e sobre seus mangás. Muitos dos nossos leitores descobriram aqui obras clamp que não conheciam.

    Mas mesmo assim, muitas pessoas aqui não vão comprar os mangás clamp, porque podem ler diretamente na net.

    Eu tenho uma política pessoal, é algo bem singelo [?], não é algo que vá mudar o mundo ._.
    mas eu leio poucos mangás na net. Vários eu começo a ler pra saber se gosto.
    Como CLAMP eu sempre gosto, eu estou, aos poucos, comprando os mangás importados.
    Sím, é CARO, mas é a unica maneira que eu encontrei de prestigiar as mangakás que tando adoro, e que tanto me ajudaram com seus mangás. Olhando por esse lado, é algo bem barato.
    Isso não só com CLAMP, também estou comprando a versão japonesa do mangá Natsume Yuujinchou, que gostei muito.

    Bom, é uma medida pessoal, mas eu me sinto um pouco melhor com isso.
    Aí, vai de cada um, e da sua propria consciência, encontrar um meio de não “sentir culpa”.

  2. guikun abril 27, 2010 às 19:27

    Eu não leio mangás licenciados ¬.¬ Não tenho dinheiro demais pra ficar gastando com coleção de mangá mas o que eu preciso realmente gastar. Eu tenho uma biblioteca inteirinha de mangás aqui no meu pc que eu mesmo traduzo do inglês, quando não acho o mangá que quero até procurar na última página do Google @~@ Posso não estar ajudando em nada os meus autores favoritos, pelo menos não financeiramente, mas o que eu quero mesmo é que eles saibam que eu valorizo suas obras e que as adoro. Não é pq não pago pelo mangá que não estou mostrando que amo meus mangakás ;D Quando puder trabalhar quem sabe eu comece a comprar minhas próprias coleções, mas como não o faço, o que me resta é achar outras formas para ler, ou seja, piratear. =P Mas não se preocupem, eu traduzo só pra mim, não disponibilizo por aí não ;D Eu pirateio só pra mim XDD

  3. Miahku abril 28, 2010 às 7:30

    entendo sua posição gui, mas pirataria não é só passar pra sua propria língua.
    Se você lê em ingles, “tem a opção de comprar os americanos e ler em ingles.”
    não to dizendo “compre Òó”
    XDDDDDD

    No caso da falta de dinheiro, a gente vive num mundo em que não se tem opções, quando você não tem dinheiro.
    Em suma, o que o mundo diz é “não tem dinheiro, fica sem”.
    D:
    triste né?

    e quanto a demonstrar seu amor, mesmo sem comprar… não é bem assim.
    alguém que produz algo, quer claro o reconhecimento do publico, mas pensa, se você for um cantor, produz um CD, aí 80% do seu publico compra o CD pirata, e você não ganha nadinha com isso. Aí, todo o seu tempo empenhado no CD não rendeu dinheiro significativo. Dá pra pensar como “puxa, meus fãs não tão nem aí pra mim, só querem o produto, só pensam neles mesmos” , não é?

  4. Ci-chan abril 28, 2010 às 13:15

    É um assunto complicado…. afinal, a bem da verdade, cultura traduzida é algo meio falho…..
    Sempre um texto vai ser melhor no seu idioma original e é ai q a coisa mela…..
    Eu, sinceramente, leio mais mangas da internet do que da banca devido a traduçao…. morro de odio das traduçoes das editoras brasileiras e chafurdo de alegria nos scanlators (seja em ingles, espanhol ou frances…)!
    ´Da pra perceber quando uma traduçao foi feita com carinho…. e uma traduçao mal feita fode com tudo (seja um livro, HQ ou manga)
    Os HQs sao mais bem tratados… tem tradutor que ate poe a frase original no rodape qdo nao da pra traduzir muito bem!!! Eu acho isso o maximo! e nos mangas eu so vejo isso nos trabalhos de alguns scanlators….
    é aquele negocio… as editoras fazem os mangas como se fosse pra criancinha ler, mas o q eles nao entendem é q nem as criancinhas se ligam nas merdas q eles fazem…. minha irma pegou raiva das editoras la pelos 12 anos e ultimamente ela so le em ingles tambem(a esclarecer:de scanlators em ingles, q traduzem direto do japones pq as editoras americanas nao sao tao melhores nao)

  5. Ci-chan abril 28, 2010 às 14:39

    continuando….
    Agora … tbem tem mais…. compare a qualidade dos HQs (papel, impressao, encadernação e durabilidade) com a dada a 95% dos mangas…. os mangas sao jornais com uma capinha melhor…. depois de um tempo amarelam, as folhas descolam e geralmente soltam muita tinta…. e sao muuito mais caros!!!
    Da desgosto… eu compro bastante manga, mas a cada 6meses vendo um montao deles…. so fico com os q gosto muito…
    Sabe, ja tem muito tempo q eu estava pensando…. se as editoras (as japonesas mess) vendessem os mangas numa versao online e em ingles eu compraria! Eu estaria ajudando os autores, estaria lendo um material certificado por editoras mais serias e poderia guardar tudo na minha HD externa economizando meu precioso espaço! Obviamente, como eles nao tem custo de impressao teria q ser mais barato….
    Seria legal tbem q se descidisse o q lançar impresso por votaçao…. huhuhu
    Mas… ja q nao tem tu vai tu mess…. nha

    Bom… mas pra mim nada justifica pirataria de musica e filmes! non non

    os seriados acabam caindo no mesmo problemas que os mangas….

    Ah, sim! tem mais um ponto a favor dos scanlators! Alguem me diz pooor favor qdo q nos teriamos a chance de ler mangas como RG V, Gohou drug, SoulEater, FLCL, BECK, etc etc….. se fossemos esperar as editoras brasileiras!?
    Nem as americanas salvam…. eu nao quero esperar decadas pra ver um seriado, ou ler um manga!!!

    bom, minha opniao é mais ou menos essa… hehehe

    beijocas

  6. Yukizu-Sama abril 28, 2010 às 15:13

    Ci-chan falou tuuuuudo!! ._. Tirou as palavras da minha boca!!
    Concordocom tudo que disse!

  7. Caio abril 29, 2010 às 12:52

    Esse assunto é realmente complicado!!!
    É errado, isso é fato. O preço dos mangás são altos, mas quem ama a história compra, sempre se faz um esforço para comprar.Eu fazia assim, não tenho uma biblioteca, porém comprei com muito trabalho. Depois que sai do serviço só pude comprar poucas edições, desde então estou com um atraso de 20 (OMG!!!) edições de Tsubasa, fico até triste de pensar. Por isso leio as “piratas da net”, mas sei que quando voltar a trabalhar irei comprar.
    Porém vale ressaltar que no nosso país é complicado, pois não há uma grande quantidade de títulos!!! Pode-se comprar as edições em outras línguas, mas para o conhecimento da obra em massa é melhor na língua de origem.
    Leio sim na net! Guardo sim!!!, mas só títulos não lançados. Ao chegarem no Brasil deleto todos do pc e darei meus pulos para comprar…
    Mas enquanto isso só posso esperar os títulos (CLAMP pelo amor de Deus) e ter paciência…

  8. Ci-chan maio 6, 2010 às 14:16

    Waaaa!
    Olha so que pertinente:
    http://www.anmtv.com.br/2010/05/manga-em-ebook.html

    bitocas!

  9. Pryska maio 6, 2010 às 18:31

    Além de tudo o que já falaram, tb tem a questão da língua. Eu não sei nenhuma outra língua (meu espanhol dá pra enrolar, só ele), mesmo que tivesse uma versão e ebook pra comprar, eu não conseguiria ler se não fosse em português. E eu acho difícil de que quem vai traduzir vai fazê-lo com direito.

    E sem falar que eu sou estudante, não trabalho e não tenho dinheiro; a mesada que ganho é bem curta (cerca de 30 reais pra motivos escolares) e na minha cidade só tem 1 banca de revista que nem vende mangás! Se eu quiser comprar qualquer coisa demoro meses e fretes de lojas onlines são abusivos. Ou seja, só tenho duas opções: Ou fico sem, ou recorro aos scanlations!

  10. kotaro maio 15, 2010 às 23:18

    Bom isso que nosso amigo acima falo e verdade pessoas como ele e eu que nao sabemos falar em ingles e muito menos japones nao temos muita escolha para ler mangas que nao foram publicados aqui no brasil e como nosso amiga disse esperar seculos para ver um manga e fogo,acho que eles tem razao de dizer que os autores estao perdendo dinheiro e que todo o esforco feito por cada membro da equipe de cada manga sai perdendo e que eles viram noites fazendo isso,mas acho que apesar de tudo isso todos que leem aqui divulgao a obra para outras pessoas como eu li no manga do naruto logo quando chego aqui no nosso pais estava escrito DEPOIS DOS LEITORES PEDIREM TANTO lancamos naruto.
    Como essas pessoas conheceram naruto pelos site nao autorizados e passando boca a boca eu sinto por nao poder comprar todos os mangas snif nao temos dinheiro para tanto mas compr xxx holic,tsubasa comprei sakura guerreiras magicas e todos os titulos lancados da clamp aqui e ja li todas pela net e continuo a comprar porque gosto de todas.
    Acho que manga pelos site e divulgacao para varios paises conhecer, eu leio e se gosto compro.Nao acho que vcs da equipe deveriam parar de publicar eles aqui. bom gente obrigado

  11. kotaro maio 15, 2010 às 23:22

    E outra para conseguir comprar os mangas ainda tenho que enfrentar e lutar muito enfrentando uma fera aqui minha esposa que reclama muito por nao ter lugar para guardar manga e dinheiro gastado kkkkkkkkkkkkkkk

  12. Victor-kun maio 18, 2010 às 22:33

    Minha opinião é que ajuda, pelo menos no Brasil ajuda, nunca tivemos tantos lançamentos diários de scanleitors e na mesma linha nunca tivemos tantos lançamentos nas bancas, se uma coisa esta ligada a outra? Eu penso que sim.
    O primeiro manga que li foi Samurai X, logo em seguida sakura e MKR, dai em diante virei fã da clamp, ja gostava dos desenhos mas a partir dai comecei a acompanhar verdadeiramente o trabalho delas, tão logo acabou a coleção do meu amigo( o mesmo que me emprestou os três mangas já citados, sim meu primeiro manga foi emprestado) fui ao meu primeiro evento e gastei todas as minhas economias em manga^^
    Já tinha tentado ler de scanleidor, na época o mesmo amigo me deu um cd com uma bela coleção de paginas digitalizadas mas na época não me interessou tinha muita coisa pra ler e ler no computador me incomodava…
    Após ficar sem dinheiro e dependendo dos lançamentos mensais das bancas acabei revendo meus conceitos, li de tudo e continuei comprando, pra mim foi algo a mais, e foi através disso que comecei a acompanhar FMA, e li a primeira vez angelic layer, na época ainda não tinham começado a lançar nenhum deles, hoje tenho os dois na estante e agradeço aos grupos que fizeram e ainda fazer esse trabalho, sem vcs por exemplo eu não teria como ver a bela arte colorida(que não sei porque não se reproduzem nos volumes nacionais) agora que já os li ficaram na estante e as capas coloridas viraram meus wallpapers, e na minha língua e pro aqui vão ficar até que surja a próxima pessoa que os queira ler e os quais vou emprestar com muito gosto\o/
    Compro por que gosto, leio porque gosto, ja li, bleach, naruto, ramma 1/2, evangelion, one piece, hellsing, death note, Hikaro no go, shaman king, karekano, fruit basket, FMA, tsubasa, xxxholic, ring… todos eles comecei a ler em scans e todos estão na estante exceto death note que ta emprestado =P
    Oque quero dizer é Obrigado!
    Comigo foi assim, com meu amigo, o que me emprestou sakura, e com o que hoje ta com o death note…
    Sei que ñ é assim sempre, como sei que as coisa não vão mudar tão cedo…
    Qualquer coisa que venha a acontecer pelo menos vcs podem ficar tranqüilos tenho uma copia dos arquivos aqui comigo e enquanto houver alguém que se diga fã e tenha o desejo de mostrar para quem gosta, ou mesmo pra todo mundo, aquilo que é bom, o trabalho vai continuar^^

  13. Julia maio 26, 2010 às 12:11

    A questão da pirataria vai muito além de ferir os mangakas que colocaram sua paixão no trabalho.A maior luta contra a pirataria é muito mais capitalista do que humanista.A verdade é que o mercado de mangá dá lucro e muito lucro.O que acontece é que em grande parte do mundo, as pessoas não possuem recursos financeiros para receber toda a demanda que nos é ofertada e muitas vezes com preços abusivos e qualidade questionável.Onde recorrer?Nos scans.Os scans são a maior forma de promover a cultura e divulgar a obra.O problema está quando as pessoas param de comprar toda e qualquer obra.As pessoas possuem preferências, e a partir destas decidem qual mangá comprar ou não.Não é porque um mangá não está na minha lista de preferências que eu não posso ler porque não comprei.E sabemos muito bem que emprestimo e troca de mangás muitas vezes não dá certo.Você não vai achar sempre alguém que tenha uma mangá que você quer ler mas não levantaria recursos para compra-lo, fora que muita gente não dá o devido cuidado.E ainda tem aqueles que não foram lançados.Como as editoras acham que compramos o mangá?É lendo primeiramente através de scans.O primeiro contato com a obra dá-se através da internet, seja scans ou animes.A solução?Acho que o capitalismo está longe da solução, mas, se os leitores tivessem maior consciência da importância da aquisição de suas obras preferidas, o governo intervisse de alguma forma e as editoras colocassem mais dedicação e qualidade nas obras, com certeza, a pirataria diminuiria e a venda aumentaria.
    Continuar ou não com scans?Continuar.E não pensem vocês que só scans é crime.Anime também é crime.Séries também, como grande parte do material disponibilizado na internet.Deveriam muito mais respeitar nós, consumidores direta ou indiretamente do que os lucros, nos respeitando, por consequencia, o que eles mais valorizam, com certeza aumentará.

  14. Mangaká junho 29, 2010 às 0:56

    A Julia disse tudo que precisava. Por que tanto grilo com mangá quando nós temos doramas e animes aí, neste último caso em quantidades muito mais abundantes que mangás? Hã? E cadê o humanismo quanto ao combate da pirataria? É engraçado ver de como esse povo “politicamente correto” age fingindo que não existe insatisfação entre os leitores nem a qualidade questionável da impressão ou mesmo das traduções. Isso sem falar que inúmeras obras que são disponibilizadas nem existem no Brasil. Mas é claro, o grilo acontece mesmo com os gringos, que possuem mais variedade que a gente e consequentemente mais público. Além disso, é importante lembrar que a editora TAMBÉM quer ganhar em cima dos consumidores; precisamos saber qual é o valor que os autores recebem, que nem sempre é justo pro lado deles.

    Agora, que eu acho injusto uma série que vai ser publicada em questão de dias (ou horas) ou mesmo que acabou de ser lançada no país em questão, e ser disponibilizado on line mais ou menos ao mesmo tempo, é sacanagem. Com exceção dos mangás maltratados, até acho justo que mangás licenciados sejam tirados de circulação dos scanlators. Senão, prefiro continuar acompanhando mangás bons pela net e torcer que venham pra cá, já que eu, felizmente, estou em condições de comprá-las, coisa que nem todo mundo está (em especial nesse Brazilzão que vivemos, em que a maioria da população vive com 1 salário mínimo – aula de dac ftw!).

    Por isso, é importante refletirmos: O que estimula as pessoas lerem mangás pelos scanlators? O que as incentiva as pessoas a comprar material pirateado? (não só mangás, como qualquer outra coisa). Não adianta cortar os galhos quando a raíz do problema ainda permanece intacta. É o mesmo que lutar contra a inclusão digital, eu acho.

    Agora, pra finalizar. Eu adoraria ver o que vai acontecer caso esse “combate à pirataria” (ainda que as pessoas que disponilizam o material geralmente não ganham um centavo com isso, com algumas exceções) ganhe, a maioria dos scanlators desapareça e qual será a reação dos leitores e o futuro das editoras. Quero ver se eles vão conseguir realmente “convencer as pessoas a comprar mais mangás” como eles gostariam. Talvez o jeito seja esperar… por ora.

  15. Pervin agosto 27, 2010 às 22:50

    cara qnd comecei a ver anime e apos isso soube como a anime do japao funcioan…o sistema de anime manga…eu achava chatissimo manga…mesmo nunca ter lido…aquela coisa preto e branco naumme chamava atencao…uns amigos me mostraram mas mesmo depois de ler por as obras q eu li naum serem muito interessantes para o meu gosto…fiquei com menos vontade de ver…
    foi ai q as irritantes sagas filler de Bleach…Naruto…me irritaram a tal ponto q me fez a ver manga (na one manga q agora esta fechada) depois de comecar a conpanhar ambos por manga comeceu a ver one piece e comecei a ver Fairy tail…
    agora jah li 42 mangas completos e sse ano comecei a comprar mangas e planejo comprar os mangas q eu acompanho na internet q as editoras do brasil vem trazendo por simplesmente achar q issu eh justo…
    agora me diga…se naum fosse por voces escalators q traduzem os mangas. Eu estaria comprando algum manga? Oje eu tenhu 86 volumes na minha estante…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: